TSE nega recurso de vereadores cassados em Passabém (MG) por fraude no uso de candidaturas femininas

A coligação, que teve os votos anulados, se utilizou de candidaturas fictícias para o preenchimento da cota mínima de gênero O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve, na sessão desta quinta-feira (14), decisão do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) que não conheceu de recurso especial apresentado por cinco vereadores do município de … Continued

Saiba Mais...